Olhão é uma pequena cidade situada no sotavento algarvio, e é conhecida como uma das melhores cidades portuguesas para comer peixe. As casas caiadas de branco e as ruelas estreitas fazem desta localidade uma cidade tipicamente algarvia.

Embora Olhão tenha sido ocupada em tempos pré-históricos pelos Homens do Neolítico, a primeira referência escrita à povoação remonta a 1378, na qual era denominada por Olham. De facto, pensa-se que Olhão seja uma derivação da palavra árabe «Al-Hain» que, após modificações fonéticas e fonológicas, terá levado ao termo «Alham» que por sua vez deu origem à palavra Olham.

Mas é só no início do século XVII que Olhão se começa a desenvolver com a decisão por parte de alguns pescadores de se fixarem na zona. Motivados pela abundância de água e pela protecção da Fortaleza de São Lourenço, os habitantes desenvolvem de forma vigorosa a economia da área.

Olhão teve ainda um importante papel a desempenhar na sublevação do Algarve aquando das invasões francesas em 1808. A 16 de Junho do mesmo ano, um levantamento popular levou à expulsão das tropas francesas da então vila, movimento esse que depois alastrou a toda a região.

Hoje em dia Olhão é uma cidade com cerca de 28 000 habitantes e com um importante porto de pesca.

Vista dos telhados e casario branco em Olhão
Vista dos telhados e casario branco em Olhão.

Onde ficar?

Centro da cidade – O centro da cidade oferece vários hostels, hotéis e casas para alugar. Aproveite ainda para passear pelas ruas decoradas com calçada portuguesa, enquanto saboreia a brisa marítima que corre desde as docas até ao coração da cidade.

Bairro dos Pescadores – O pitoresco Bairro dos Pescadores merece ser visitado por causa das suas casas cúbicas (razão por que Olhão é também conhecida como a cidade cubista) com fachadas de azulejos e telhados planos. Neste Bairro encontram-se habitualmente moradias ou quartos para alugar.

Ilha da Armona – Uma escolha diferente sobre onde ficar a dormir em Olhão pode passar por pernoitar na Ilha da Armona. Esta lindíssima ilha encontra-se a cerca de vinte minutos de barco do porto de Olhão. Com várias casas para alugar, este é um dos preferidos de vários portugueses durante os meses de Verão.

 

Ilha da Armona com o seu casario branco e águas calmas.
Ilha da Armona com o seu casario branco e águas calmas.

Ilha da Culatra – Outra excelente opção passa por ficar a dormir na Ilha da Culatra. Nesta ilha rodeada de água translúcida imperam o silêncio e a calma. Fique numa das várias casas para alugar da ilha e deixe-se embalar pela rebentação das ondas.

Como são as praias em Olhão?

Praia da Ilha da Armona – A Praia da Ilha da Armona possui água transparente e uma areia fina e branca. Esta é uma das praias preferidas pelos olhanenses para levarem os seus filhos por causa do nível baixo da água do mar que permite que se tenha pé durante vários metros.

Linda paisagem da Ilha com pequeno barco na areia.
Linda paisagem da Ilha com pequeno barco na areia.Foto de Algarve Tourism.

Praia da Ilha da Culatra – A deslumbrante Praia da Ilha da Culatra com areia dourada e um mar translúcido oferece aos visitantes um vislumbre do paraíso na Terra. Com um areal extenso onde é possível jogar voleibol, futebol, râguebi, raquetes, etc… sem incomodar os restantes banhistas, esta é uma das praias de eleição para passar um dia divertido na companhia de amigos.

Praia da Fuseta (Ilha da Culatra) – Esta última praia fica na Ilha da Culatra. Para se chegar à praia é possível percorrer a ilha da Culatra a pé, partindo da Praia da Ilha da Culatra, ou pode-se apanhar um barco que nos deixa directamente na praia. Há ainda uma terceira opção viável apenas nos dias de maré baixa, que consiste em atravessar a pé a distância que separa a praia do continente. Esta era inicialmente uma praia de pescadores, mas, devido à sua popularidade junto dos locais, tornou-se rapidamente uma das praias mais visitadas da zona de Olhão.

 

pequenas partes da Ilha da Fuseta com uma casa flutuante.
Ilha da Fuseta em todo o seu esplendor. Photo by Algarve Tourism.

Quais as praias perto de Olhão que têm bandeira azul?

Todas as praias de Olhão têm bandeira azul.

A Bandeira Azul é um símbolo que assegura a qualidade da praia com base em padrões ambientais, como a qualidade da água e a limpeza da praia, e também em instalações importantes, incluindo sanitários e salva-vidas.

No Algarve os nadadores-salvadores costumam vigiar as praias entre 1 de Julho e 30 de Setembro.

Mapa Praias De Olhão
Map Olhão beaches

O que há para fazer em Olhão?

Mercado Municipal de Olhão – O Mercado Municipal de Olhão começou a ser construído em 1912 recorrendo a uma técnica que consistia em apoiar cada um dos edifícios em estacas, sendo que os edifícios seriam depois ligados entre si através de arcos em tijolo. O Mercado apresenta assim uma cor laranja. No seu todo, o mercado Municipal de Olhão é constituído por dois espaços rectangulares – o Mercado das Verduras e o Mercado do Peixe. Diariamente, centenas de pessoas visitam o Mercado à procura do melhor peixe, frutos, verduras e outros tipos de alimentos.

 

Mercado de Olhão com o céu cor de rosa
Mercado de Olhão com um lindo Pôr do Sol.

Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário – Conhecida hoje em dia como a Igreja Matriz de Olhão, a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário começou a ser construída no final do século XVII. O imponente edifício com a sua fachada branca irrepreensível apresenta uma inscrição que lembra os sacrifícios cometidos pelos portugueses para conseguirem erigir a Igreja. O seu interior com uma capela-mor com um retábulo dourado e um tecto decorado com a imagem de Nossa Senhora do Rosário é motivo de admiração por parte dos turistas que visitam o monumento. Nas traseiras da Igreja Matriz fica a Capela do Senhor dos Aflitos, onde existe um painel de azulejos com a Crucificação de Cristo lindíssimo.

Monumento aos Heróis da Restauração – Perto da Avenida da República encontra-se uma pequena torre branca, da autoria do arquitecto Carlos Ramos, que visa homenagear os corajosos olhanenses que, em 1808, começaram o movimento de sublevação que levaria à expulsão dos franceses do território algarvio.

Porto de Olhão – O porto de Olhão é um dos portos mais conhecidos do Algarve e do país. Trata-se de um dos portos de pesca mais usados e, se uma pessoa for ao cais de Olhão, poderá observar as várias toneladas de peixe que chegam a terra diariamente. Este peixe é depois posto à venda em supermercados espalhados por todos o país e até Espanha. Convém referir que ao lado do porto de pesca situa-se o porto de recreio de Olhão, com espaço para 350 embarcações. Este é um porto com uma actividade empresarial mais focada no turismo, uma aposta que tem sido recorrente nos últimos anos por parte do concelho.

Porto De Olhão com os barcos de pesca e um lindo céu.
Porto de Olhão com os barcos de pesca e um lindo céu. . Foto de Tomatesailing.com

Festival do Marisco – Nenhum guia turístico sobre Olhão ficaria completo sem referir o famoso Festival do Marisco de Olhão. Este festival combina a arquitectura exótica e o bom tempo que se faz sentir ao final da tarde de Agosto com os mais deliciosos pratos de marisco da região. Para além de marisco, o festival conta com doçaria tradicional, bem como espectáculos ao vivo e exposição de artesanato regional. O Festival do marisco decorre no Jardim Pescador Olhanense, perto da Ria Formosa.

Festa Ria Formosa Marisco
Variedade de marisco no Festival do Marisco de Olhão.

Qual a melhor altura do ano para visitar Olhão?

Verão – O Verão é provavelmente a melhor altura do ano para visitar a cidade de Olhão. Durante os meses de maior calor, toda a cidade fervilha de agitação, com espectáculos de música, teatro e dança durante as noites quentes de Julho e Agosto. No entanto, é também a época escolhida pelos turistas para visitarem a localidade, o que provoca uma inflação no preço dos hotéis e restaurantes da zona.

Inverno – O Inverno é, sem dúvida, a época mais calma e durante a qual Olhão se encontra mais deserto de turistas. Se o que procura é uma oportunidade para descobrir o encanto de uma pequena cidade pitoresca algarvia longe das multidões de Verão, esta é a altura ideal para visitar Olhão.

Outono/Primavera – O Outono e a Primavera constituem, também, boas épocas para visitar Olhão. Isto porque, durante essas alturas do ano, chove pouco e a cidade não se encontra ainda repleta de turistas. Convém também acrescentar que, nos últimos anos, a região do Algarve tem feito um enorme esforço para conseguir manter-se atractiva para turistas durante todo o ano, o que significa que irá encontrar muitas das típicas atracções de Verão em funcionamento.

4 estátuas pretas de crianças nas ruas de Olhão.
EStátuas nas ruas de Olhão. Foto de Algarve Tourism.

Como são o tempo e o clima em Olhão?

O clima de Olhão é quente e temperado.

17.2ºC é a temperatura média anual e a pluviosidade média anual é de 501 mm, sendo que Janeiro é o mês mais chuvoso. O mês mais quente do ano é Agosto com uma temperatura média de 23.5ºC e o mês mais frio é Janeiro com uma temperatura média de 11.7ºC.

O gráfico seguinte ilustra as temperaturas médias mensais e a média de pluviosidade mensal para 2017.

Gráfico Temperatura Olhão

Quais os melhores locais para comer em Olhão?

Petiscaria Casa de Pasto – Este simpático restaurante com uma cozinha tipicamente mediterrânea oferece excelentes petiscos portugueses, bem como tapas e outras iguarias. O menu requintado e ao mesmo tempo imaginativo irá deixá-lo(a) com água na boa só de o ler.

espetada de polvo com camarão da Petiscaria Olhão
Espetada de polvo com camarão. Foto de Petiscaria, Casa de Pasto

Vai e Volta – No Vai e Volta reina um ambiente de descontracção que nos faz acreditar estarmos a comer em casa com a família. O serviço rápido e profissional irá deixá-lo(a) com um sorriso na cara e a comida é uma verdadeira maravilha.

Pitéu da Baixa Mar – O restaurante Pitéu da Baixa Mar é conhecido pelos seus deliciosos pratos de peixe, mas as sobremesas justificam bem qualquer refeição comida neste estabelecimento.

Deliciosa Sobremesa Piteu Da Baixa Mar https://www.facebook.com/906838699373802/photos/basw.Abqb-lDOvwXdeVy8KJ6v2q9Bve5oZMoJ_7I8Ja1IlJNpwps8QKqBOXcdRQGDBqYv7wHbeuh8aARO7gV1_VxEm1j92G6QEipS2OHK64yVzoh8SeM5kkQFcCYGC6DiER4tmV9v8HwAxXmRQJPbKv_2ka2W.1292110130846655.10201291369075213.921277227929949.921021177955554.907501965974142.908835102507495/907501965974142/?type=1&theater
Deliciosa Sobremesa Piteu Da Baixa Mar. Foto de Pitéu da Baixa Mar.

Quais os melhores locais para sair à noite em Olhão?

Famílias – Para famílias que queiram explorar o ambiente nocturno vivido em Olhão, recomendo que visite as docas de Olhão, ao pé das quais abundam as esplanadas e os cafés.

Grupos de amigos – Grupos de amigos à procura da diversão noctura deverão dirigir-se ao Cais Club Bar onde o ambiente informal e divertido proporcionará, certamente, uma noite para recordar.

Casais – O Cocktail Lounge, na marina de Olhão, oferece uma vista soberba sobre o mar e sobre os navios atracados. O ambiente calmo e discreto convida a uma bebida partilhada com a cara-metade.

Zona Cocktail Lounge com vista ao por do sol
Zona Cocktail Lounge com vista para o mar. Foto de Cocktail Lounge.

Quão longe fica Olhão de …?

Aeroporto de Faro – 15 km (aprox. 20 minutos de viagem)

Vilamoura – 35 km (aprox. 35 minutos de viagem)

Albufeira – 50 km (aprox. 45 minutos de viagem)

Portimão – 75 km (aprox. 1hr de viagem)

Tavira – 30 km (aprox. 30 minutos de viagem)

Sagres – 125 km (aprox. 1hr 30 de viagem)

Lisboa –285 km (aprox. 2hr 45 de viagem)

Fronteira com Espanha –50 km (aprox. 40 minutos de viagem)

Sevilha – 190 km (aprox. 2 horas de viagem)

Todas as distâncias estão arredondadas.

Onde ficam a estação de autocarros e a estação de comboios?

A estação de comboios de Olhão está situada na seguinte morada: 8700-314 Olhão.

Olhão tem também uma estação de autocarros localizada em: Beco Padre Tomás 5, 8700-334 Olhão.

O comboio assegura a ligação do concelho de Olhão com os restantes concelhos da região do Algarve, à semelhança do transporte rodoviário, o qual garante ainda ligações de média e longa distância com Lisboa, Porto, Ayamonte, Huelva e Sevilha.

Existe também um serviço de minibus, assegurado pelo Município de Olhão, que percorre o concelho de Olhão.

Quanto custa um táxi de e para o aeroporto de Faro?

O preço de um táxi ou uber de quatro lugares do Aeroporto de Faro para Olhão costuma ser cerca de 15€ por viagem (30€ ida e volta).

Se for um táxi privado ou uma carrinha o preço tenderá a ser mais alto, mas, dependendo do número de pessoas, o preço por pessoa poderá ser mais barato.

Tenha ainda em atenção que se a viagem for efectuada durante a noite, o preço será mais elevado por ser cobrada uma tarifa especial nocturna.

Caso esteja sozinho(a) ou sejam apenas duas pessoas é aconselhável apanhar um táxi do Aeroporto de Faro para a estação de comboios de Faro (custa cerca de 10€) e apanhar em seguida um comboio ou autocarro até à estação de Olhão (preço do bilhete é 1,45€).

 Também pode gostar do nosso artigo:

Festival do Marisco de Olhão