A encantadora cidade de Loulé é um dos lugares mais preciosos do Algarve. A sua história remonta à chegada dos Mouros no século VIII, quando a região começou a florescer. Hoje em dia, a cidade localizada no coração do Algarve é uma fusão única de influências árabes e romanas que deixará uma impressão em qualquer visitante curioso. Loulé preserva a essência algarvia com a sua arquitectura tradicional e estilo de vida descontraído. Mas não se deixe enganar, os habitantes locais também sabem divertir-se! Se por acaso estiver por perto, não perca os famosos eventos da cidade como o Festival MED, a festa da Noite Branca ou até mesmo o Carnaval.

Confira a nossa lista das 5 coisas que valem a pena visitar em Loulé

 

MERCADO MUNICIPAL DE LOULÉ

O mercado está aberto desde 1908 e é conhecido pela sua arquitetura de inspiração árabe. Uma visita lhe garantirá uma autêntica experiência cultural. Você fará compras ao lado dos habitantes locais e poderá ver, cheirar e saborear os incríveis lanches tradicionais e produtos frescos. O mercado está aberto de segunda a sábado, das 7h às 15h. O mercado ao ar livre de sábado fecha às 13h30 e é um ótimo momento para encontrar bons negócios. O mercado de Loulé é certamente um dos principais mercados do Algarve e é imperdível.

O nosso Tour Mercado e Cidade de Loulé torna toda a experiência ainda mais agradável com carrinhas disponíveis directamente (ou perto) do seu hotel ou villa entre a Praia da Luz e Quarteira. Desta forma, não precisa de se preocupar com  qualquer tipo de logística. No início do próximo ano, a cidade terá 4 novos restaurantes. Os visitantes poderão então desfrutar de pratos e iguarias regionais enquanto rodeados pela maravilhosa atmosfera do edifício histórico.

Mercado Municipal De Loulé
Mercado Municipal De Loulé, foto CM Loulé

CAFÉ CALCINHA

Em seguida, siga para o Café Calcinha, que fica a poucos passos do mercado. Este icónico café abriu as suas portas pela primeira vez em 1929 e desde então é conhecido pelo seu ambiente e decoração cativantes. Respire na Belle Époque enquanto bebe um espresso e come o famoso Folhado de Loulé, um doce de massa folhada regional. Desde 2014 que o Café Calcinha faz parte da Rota dos Cafés com História da Associação de Cafés Históricos, um itinerário pelos mais emblemáticos cafés de Portugal. À saída não se esqueça de levar uma selfie com a estátua do poeta António Aleixo, antigo frequentador da Calcinha, do século XX.

Cafecalcinha
Cafe Calcinha, foto Barlavento

CASTELO DE LOULÉ

Após a pausa para o café, vá até ao Castelo de Loulé, um Monumento Nacional classificado desde 1924. As suas origens remontam ao século II, quando foi usado como forte pelos romanos e mais tarde pelos mouros. O castelo foi extensamente danificado devido a terramotos. No entanto, a sua torre de entrada e três outras torres, bem como as muralhas que as ligam, estão notavelmente bem conservadas graças aos trabalhos de restauro realizados ao longo dos anos. Olhando para a cidade e arredores do campo de uma das torres certamente irá levá-lo de volta para a época medieval. Em seguida, complete a sua visita com o Museu Municipal situado no pátio do castelo. Lá aprenderá tudo sobre a história de Loulé desde os tempos pré-históricos até à era moderna.

Castelo Loulé
Castelo de Loulé

ANTIGO CENTRO DA CIDADE DE LOULÉ E IGREJA DA MATRIZ

O castelo está localizado no centro histórico medieval de Loulé. Assim, após a visita, passeie pelas ruas estreitas enquanto admira as chaminés simbólicas algarvias e as pequenas casas caiadas de branco. Mas não se esqueça de trazer calçado apropriado, pois o pavimento de pedra pode, por vezes, ser complicado. Não perca a igreja do século XIII com o nome do padroeiro da cidade, São Clemente. A torre da igreja era um minarete muçulmano e só depois da reconquista cristã é que ganhou o seu actual estilo barroco. Mesmo em frente à praça da igreja, encontra-se o Jardim dos Amuados. É um antigo cemitério transformado em um refúgio delicioso onde se pode contemplar as belas paisagens que rodeiam a cidade.

 

DESCUBRA O ARTESANATO E O LADO CULINÁRIO DE LOULÉ

Passeando pelas ruas de Loulé, não deve surpreendê-lo ao saber que a cidade é muitas vezes considerada a capital do artesanato no Algarve. A cidade procura revitalizar os ofícios históricos e criar experiências culturais imersivas para os turistas, desenvolvendo iniciativas como a “Loulé Criativo”. Os visitantes podem agora fazer workshops de artesanato ou culinária para aprender mais sobre uma parte diferente do Algarve.

No entanto, se estiver mais entusiasmado em fazer compras, consulte a Rua 5 de Outubro. É a principal rua comercial do centro de Loulé, onde será fácil descobrir algumas lojas de artesanato. Vai encontrar lojas de artigos de artesanato criado com uma técnica ancestral que passou de geração em geração. Procure também lojas de cortiça que vendam tudo o que imaginar que seja feito de – sim, já adivinhou – cortiça, que é um dos produtos naturais mais característicos de Portugal.

Se estiver interessado, a Feira Popular de Loulé acontece todos os meses de julho e é uma grande exposição de produtos artesanais e gastronómicos locais, além de música ao vivo. Na hora do almoço, não se deixe abater pela variedade de cafés e restaurantes da moda. Escolha um que se adapte às suas necessidades, desde a comida tradicional à cozinha asiática. Então, uma caminhada ajudará a digerir toda essa comida deliciosa. Por isso, continue a explorar a avenida principal Avenida José da Costa Mealha, onde o Carnaval é realizado todos os Invernos – embora ainda seja divertido apesar do tempo!

 

 

 

Parece que chegou ao fim da nossa lista das 5 melhores coisas para fazer em Loulé, mas ainda há muito mais para ver. O concelho de Loulé é o maior e mais populoso concelho algarvio, estendendo-se desde as terras altas até ao mar. Oferece aos turistas a oportunidade de desfrutar das belas praias dos complexos turísticos de Vilamoura, Quinta do Lago e Vale do Lobo. No entanto, também proporciona experiências de campo enriquecedoras do ponto de vista cultural.

 

Se está a sentir-se aventureiro, o parapente em Loulé é uma forma inesquecível de ver o campo ao encontro do mar. Ou, em vez disso, subir num quadriciclo para uma primeira experiência na zona rural do Algarve. Na verdade, porque não fazer as duas atividades?